domingo, 23 de dezembro de 2012

Ela vem, sempre.

E quando se tem certeza de alguma coisa, vem a vida e te tira o caminho.
E quando se tem certeza da decisão certa, vem a vida e te leva a capacidade.
E quando se tem certeza da direção, vem a vida e te leva o senso.
E quando se tem certeza de que nada é como está, vem a vida e te mostra que o melhor é deixar rolar.
Vem a vida, sempre. E que ela venha.

Um comentário:

Luiz Eduardo Cabral de Melo disse...

Oi. Me lembrei deste aqui.
http://depressiveblogspot.blogspot.com.br/2012/02/vida-era-azul.html