segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

vai ser feliz..?


Ela acordou não querendo saber o que já sabia.
Era fato que aconteceu.
- A gente ainda se ama! - mas a dúvida de continuar pairava no ar.
Deixar a dor ser mais forte?
Superar a dor no peito?
Simplesmente virou pro lado e dormiu.
Até agora foi o melhor a fazer.
Recebeu flores e uma linda cesta de café da manhã e um cartão: Acorde sabendo que te amo!

Hoje são felizes!

2 comentários:

Fabio Chiorino disse...

agora faz assim: que tal criar o mesmo miniconto, mas com o desfecho completamente contrário? Tenta, vai...

Bru disse...

uhn... acho que rola..
daqui a pouco mostro o novo desfecho rs